joaoelderenativafm

22ª Sessão do 1º Periodo da 1ª Sessão Legislativa da 15ª Legislatura

Minha Rádios sua Rádio - Aumente o volume

Quantos dias já se passaram de 2017

Quantos dias faltam para 2018

domingo, 30 de setembro de 2012

publicada há 17 horas atualizada há 12 horas

Hebe Camargo morre aos 83 anos em São Paulo

Segundo a assessoria de imprensa do SBT, a apresentadora morreu durante essa madrugada, em sua casa, vítima de uma parada cardíaca.

do EGO, no Rio
Hebe (Foto: Reprodução / Youtube)Hebe (Foto: Reprodução / Youtube)
Morreu neste sábado, 29, a apresentadora Hebe Camargo, aos 83 anos, em São Paulo. Segundo a assessoria de imprensa do SBT, a apresentadora morreu durante essa madrugada, em sua casa, vítima de uma parada cardíaca. O velório de Hebe será as 18h no Palácio Bandeirantes, sede do Governo do Estado de São Paulo e o enterro será no domingo, às 9h30, no Cemitério Gethsemani, no bairro do Morumbi, na Zona Sul da capital
Hebe tinha assinado contrato novamente com a emissora nesta quinta-feira, 27.
Problemas de saúde
A artista descobriu em janeiro de 2010 que tinha um câncer no peritônio (membrana que reveste os órgãos da região abdominal). A apresentadora se submeteu a sessões de quimioterapia e chegou a anunciar que estava curada da doença.
No dia 8 de março do mesmo ano, data em que completou 81 anos, Hebe voltou ao trabalho apresentando seu programa na época ainda no SBT. No mês seguinte, a assessoria de imprensa da apresentadora divulgou comunicado em que dizia que não havia mais vestígios da doença em seu corpo.
Em 12 de março de 2012, Hebe foi internada no hospital Albert Einstein, em São Paulo, onde passou por uma cirurgia de emergência para retirada de um tumor em seu intestino. Realizado com sucesso o procedimento, ela não teve de se submeter a mais sessões de quimioterapia.
Pouco mais de um mês após o procedimento, Hebe voltou a gravar seu programa, em 23 de abril. Como sempre, demonstrou seu bom humor e sua vitalidade. “A cicatriz (da operação) é enorme, mas não senti um dia de dor. Não pensei nem um minuto em morte. Nem quando fui para a mesa de cirurgia. Mesmo porque eu estava dopada. Acho uma maravilha, a gente não sabe o que eles vão fazer, se vamos sair grávidas lá de dentro... Aí depois eu acordei grogue, pena que não era de vodca."

Fonte: Rede Globo Clique Aqui E Saiba Mais

 

 

Nenhum comentário: