joaoelderenativafm: Higiene íntima: médica dá dicas para evitar coceiras, corrimentos e infecções

Minha Rádios sua Rádio - Aumente o volume

Quantos dias já se passaram de 2017

Quantos dias faltam para 2018

segunda-feira, 18 de maio de 2015

Higiene íntima: médica dá dicas para evitar coceiras, corrimentos e infecções

calcinha-rosa1
A higiene íntima deve ser uma das prioridades das mulheres para proteger a região genital de coceiras, corrimentos, infecções e outros problemas ginecológicos. E quem vai revelar os segredos para manter a flora vaginal sempre saudável é a ginecologista Diana Vanni.Segundo a médica, a higiene íntima deve ser feita diariamente com água morna e sabonete líquido específico para a região vaginal. Uma dica na hora de escolher entre tantas opções nas gôndolas dos supermercados e farmácias é verificar se na formulação contém ácido lático, o que garante a manutenção do pH ácido da vagina.
— A recomendação é que o sabonete líquido íntimo seja usado a partir da primeira menstruação, antes disso é contraindicado. A versão em barra contém substâncias que deixa o sabonete alcalino, o que pode altera a barreira de proteção da vagina
Diana explica que o pH ácido da vagina, que varia de 3,8 a 4,5, é o ambiente ideal para a defesa da região contra os micro-organismos. No entanto, alguns fatores são capazes de alterar esse equilíbrio, como estresse, baixa resistência, má alimentação, gravidez, menstruação (principalmente prolongada), relação sexual, alterações hormonais, menopausa e sabonetes em barra, esclarece a médica.
— O pH alcalino facilita a proliferação de bactérias não saudáveis na região genital, causando coceiras, corrimentos e infecções. Por isso, é tão importante dar atenção para a higiene íntima
Entre um dos problemas causados pela falta de higiene é a vaginose bacteriana, que aumenta o risco de parto prematuro, transmissão do vírus HIV e também de outras DST´s (Doenças Sexualmente Transmissíveis), avisa a ginecologista.
— A maioria dos casos de parto prematuro está associada a infecções. Por isso, é importante prestar atenção na saúde da flora vaginal também da gestante. Entre os sintomas da vaginose, Diana cita corrimento mais espesso e amarelado e mudança de odor na região
6shza4gidl_2u0togk0m6_file
A escolha do tecido e tipo de calcinha também é fundamental para manter a flora vaginal saudável. Segundo a médica, as calcinhas de algodão são as melhores opções, pois não “abafam” a região como as de tecidos sintéticos ou lycra.
— É importante também lavar a calcinha com sabão suave antes de usá-la pela primeira vez e evitar o modelo fio dental porque deixa a região muito exposta. Outra atitude protetora é dormir sem calcinha e não usar protetor diário.
7crjfdkka1_4c18kshjm9_file
Muitos casais costumam tomar banho após a relação sexual, mas a ginecologista diz que é possível ficar “abraçadinho na cama curtindo o momento”.
— Em geral, não há necessidade de tomar banho após o sexo. É mais uma questão cultural do que de saúde. Para as pacientes que apresentam infecção urinária de repetição, orientamos urinar após a relação. Não é necessária nenhuma higiene especial
A médica acrescenta que o uso de ducha íntima só deve ser feito com orientação médica e em casos específicos.
Intimate feminine napkins
Durante o período menstrual, Diana orienta trocar o absorvente com frequência, seja ele interno ou externo. Ela também recomenda o uso desses produtos sem perfume para não irritar a região genital.
— Já para as mulheres adeptas dos copinhos que substituem o absorvente é importante lavá-lo a cada três ou quatro horas.
Paper
Embora o papel higiênico perfumado, colorido e com desenhos seja um charme, a ginecologista contraindica seu uso. Para ela, o ideal é usar papéis neutros e macios .
Baby wipes
Sobre os lenços umedecidos, a orientação da médica é usá-los apenas em situações de emergência.
— No dia a dia pode interferir na flora vaginal e alterar o pH. A recomendação também serve para as crianças. O ideal é fazer a higiene íntima com água morna e algodão.
Bikini line hair removal
Para as mulheres amantes da depilação íntima, a médica diz que não há contraindicação, mas “é importante tomar cuidado para não machucar os pequenos e grandes lábios porque são sensíveis”.
— Além disso, atitudes definitivas precisam ser bem pensadas para não haver arrependimentos.
2yo0lhulou_wntrd7484_file
Algumas mulheres gostam de borrifar perfume ou desodorante íntimo na genitália para atrair os homens, mas Diana desaconselha a atitude.
— Não é necessário mudar o cheiro da vagina para atrair o parceiro. Fora isso, esses produtos podem irritar a região ou causar alergias

Fonte dessa Informação: Quer saber Mais? Clique aqui   

Nenhum comentário: